Projeto Dentista Solidário para pessoas de baixa renda

Publicado por Carolina em

Anúncios

O Serviço de Saúde Pública, criou o projeto SIdP, o qual oferece às pessoas que possuem baixa renda, um tratamento dentário digno e gratuito.

Play

Ouvir Artigo

0 Minutos

A população que encontra-se em uma situação de vulnerabilidade social, antes mesmo do início do período de pandemia, já tinha apenas 5% de serviços odontológicos cobertos. E, é claro, durante a pandemia, esse número caiu ainda mais, fazendo com que muitos deixassem até mesmo de receber cuidado médico para a saúde bucal.

Anúncios

Falaremos no artigo de hoje, sobre o projeto SIdP e sobre como ter acesso ao chamada Dentista Solidário. Confira logo a seguir.

Conheça o projeto Dentista Solidário

Foi criado pela Fundação SIdP Onlus, em conjunto com a Sociedade San Vincenzo de Paoli e a Sociedade italiana de Periodontologia, em 30 de abril de 2022, o projeto O Dentista Solidário (Il Dentita Solidal).

Anúncios

Esse programa teve sua criação com o objetivo de atender as famílias que encontram-se em situação de baixa renda, levando um atendimento de saúde bucal completo.

A iniciativo do projeto foi devido ao Dia Mundial da Saúde, o qual comemora-se no dia 7 de abril. Este, é acompanhado por 250 dentistas e higienistas dentários, que dedicam, toda semana, ao menos uma hora de seu tempo para realizar os atendimentos e exames com a população carente que estão participando do programa.

Veja Também:

Quem seleciona as pessoas que estão necessitando de atendimento e realiza todo o atendimento durante o tratamento, é a Società San Vincenzo De Paoli, tendo um papel fundamental.

Mais sobre o Dentista Solidário

Mario Aimentti, presidente da Fundação SIdP Onlus, declarou: “Para além de intervir num contexto de emergência para permitir um tratamento urgente, visa sensibilizar para a importância da prevenção e das práticas correctas de higiene oral”.

E completou: “Na Itália, os serviços dentários são essencialmente privados com uma cobertura mínima pelo sistema público e consequentes barreiras econômicas para os cidadãos”.

De acordo com dados coletados pelo Istato 2019, é de conhecimento que um a cada dois italianos vão ao dentista. Ainda nesta pesquisa, é indicado que entre a população em situação de pobreza, apenas 14% tem acesso ao serviço de tratamento dentário, e para a população em extrema pobreza, o número é de 9%.

“Além disso, entre os cidadãos estrangeiros, o acesso aos cuidados dentários é inferior a metade da dos italianos e a pandemia agravou estas desigualdades”, finalizou Aimentti.

O projeto Dentista Solidário traz como objetivo principal realmente ajudar a diminuir esse impacto social e, também, as consequências que a pandamia trouxe e acentuou, proporcionando mais saúde à população carente.

 


Comentários 0

Deixe uma resposta

Espaço reservado para avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

pt_PTPortuguese