Leilão de Celulares iPhone da Receita Federal

Leilão de Celulares iPhone da Receita Federal

Publicado por Eduardo em

Anúncios

O leilão de celulares da Receita Federal é uma oportunidade e tanto para as pessoas que estão em busca de comprar um celular novo por um preço inferior ao cobrado no varejo, podendo alcançar descontos de mais de 60% no valor total do produto.

Embora seja uma excelente opção, muitas pessoas desconhecem a existência desse tipo de leilão, o que torna o certame um processo onde poucas pessoas se inscrevem para arrematar os aparelhos, de modo que falta uma certa publicização dos atos por parte do poder público para que mais pessoas saibam da existência desse processo.

Anúncios

E foi pensando nisso que nossa equipe resolveu criar esse artigo, de modo a dar maior visibilidade ao procedimento, bem como trazer algumas importantes informações sobre o leilão de celulares da Receita Federal, para que cada vez mais pessoas possam participar do processo, bem como aproveitar os generosos descontos oferecidos nos aparelhos que serão leiloados.

Portanto, se você quer saber mais sobre o funcionamento do leilão de celulares da receita federal e aprender como se inscrever, recomendamos que continue conosco na leitura deste artigo para ficar por dentro de todas as informações que reunimos a respeito do tema.

Anúncios

Veja também:
CNH Digital – Veja como é fácil criar a sua sem ter que pagar nada!
CNH Gratuita – Veja como funciona e como ter a sua
Leilao de Celulares da Receita Federal – Tire todas as suas dúvidas

Como participar do leilão da Receita Federal?

O leilão de celulares da Receita Federal é uma excelente opção para pessoas que desejam comprar um aparelho com um ótimo desconto.

Além disso, esses leilões envolvem a venda de diversos outros bens, como motos, carros, casas e muito mais, portanto, o leilão da Receita Federal não se limita apenas aos celulares.

Em muitos casos, são leiloados bens apreendidos em operações nos aeroportos, frutos de contrabando e descaminho, bem como os bens apreendidos em rodovias federais, advindos de outros países e adentrando a nossa fronteira, seja por terra, por ar ou por mar.

Antes de participar do leilão da Receita Federal, se o interessado for Pessoa Física, é necessário que o seu CPF esteja totalmente regularizado, bem como o interessado precisa de um certificado digital para os leilões que serão feitos de forma online.

Já a pessoa jurídica também deve estar com o seu CNPJ regularizado para que seja possível participar do leilão, de modo ser imprescindível o uso dos certificados digitais.

Com todas as regularizações feitas, basta acessar o site da Receita Federal e ir na aba dos “Serviços” e em seguida “Leilão Eletrônico”.

Com isso, você pode se cadastrar na plataforma e nos leilões que serão realizados, bem como ter acesso às datas dos próximos certames.

Se preferir, poderá solicitar ajuda através da Central Virtual de Atendimento, de modo que um dos atendentes irá tirar todas as suas dúvidas a respeito do cadastro e dos certificados necessários.

Como comprar produtos de leilão da Receita Federal?

Após iniciado o certame, são ofertados diversos produtos, que podem ser vendidos tanto de forma unitária quanto em lotes.

Cada produto ofertado fica a disposição de todos os participantes, para que eles possam ofertar lances e arrematar os bens.

Dessa forma, o participante oferece o seu lance naquele produto ou no lote que pretende arrematar, de modo que é possível que os outros participantes ofereçam lances maiores, até que o último lance seja feito, quando o restante dos participantes optar por não cobrir.

Após o arremate do bem, é necessário ter em mente que é da responsabilidade do arrematante emitir o documento fiscal de compra do produto, conhecido como Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF).

No que tange ao pagamento do bem arrematado, o arrematante dispõe de duas alternativas: a primeira delas pagar de forma integral o bem que ele comprou no leilão, no primeiro dia útil após o certame.

A segunda opção de pagamento pode ser feita mediante uma solicitação perante a Receita Federal, para que o valor seja pago de forma parcelada.

De início, o arrematante paga 20% do valor total do bem e logo após 8 dias paga o restante da dívida que corresponde a 80% do valor.

O pagamento desses valores pode ser feito em qualquer estabelecimento bancário, como lotéricas, bancos, etc.

O arrematante também pode escolher de que forma será pago o débito, seja através de cheque, transferência bancária, débito em conta, pagar em espécie ou cartão de crédito.

Nos casos de inadimplemento, ou seja, se ele deixar de fazer o pagamento dos valores acordados, deverá sofrer uma penalidade, que no caso é uma multa por descumprimento do pactuado.

Quais são os valores do iPhone no leilão da Receita Federal?

É possível encontrar diversos modelos de iPhone sendo leiloados pela Receita Federal.

O iPhone 11, por exemplo, está com um lance inicial de mil reais.

Já o iPhone 12, 11 Pro Max e 11 Pro estão sendo vendidos pelo lance inicial de 2500 reais. No caso dos iPhones XR, SE, 8 Plus e 7, o lance inicial para esses aparelhos é de 500 reais.

Além disso, é possível encontrar alguns outros periféricos da Apple, como os smartwatches, fones de ouvido sem fio e carregadores via indução. Esses periféricos podem ser encontrados com lance inicial de 600 reais.

Aparelhos Xiaomi

Os aparelhos da marca chinesa Xiaomi estão sendo leiloados pela Receita Federal. Entre os aparelhos, é possível encontrar celulares e switchs (relógios), com um lance inicial de 200 reais.

É possível fazer o arremate desses bens tanto de forma unitária quanto em lotes, sendo uma excelente opção para fazer revenda posteriormente, de modo a lucrar um bom dinheiro com a venda desses bens.


Comentários 0

Deixe uma resposta

Espaço reservado para avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Play

Ouvir Artigo

0 Minutos

pt_PTPortuguese