Compre seu carro antigo no leilão; saiba como

Publicado por Carolina em

Anúncios

Para os admiradores de carros antigos, os clássicos, adquirir um para a coleção pode sair com um preço um pouco salgado.

Play

Ouvir Artigo

0 Minutos

Uma das melhores alternativas para quem deseja um carro antigo, é comprá-lo em um leilão de carros antigos.

Anúncios

 

Hoje falaremos mais sobre o assunto. Confira.

Leilão de carros antigos

Veja Também:

Anúncios

Os carros antigos vendidos em leilões, podem se encaixar em cinco categorias diferentes. Veja:

  • Carros de montadoras: esses carros são veículos que permaneceram nos pátios de montadoras, mas não foram vendidos;
  • Carros de recuperação financeira: esses veículos vieram de proprietários inadimplentes, que não pagaram as parcelas do financiamento;
  • Carros de leilão judicial: nessa categoria, os carros foram apreendidos em processos judiciais ou por alguma pendência de ações trabalhistas e cíveis;
  • Carros de seguradoras: esses veículos foram recuperados de sinistros ou furtos;
  • Carros particulares: nesse caso, os próprios proprietários entregaram o veículo para leiloar.

Esses carros, geralmente, trazem preços muito abaixo da tabela Fipe, o que enche os olhos de colecionadores.

No entanto, são recomendados alguns cuidados no momento de comprar esses carros antigos e, por isso, trouxemos algumas dicas para você fechar um bom negócio.

Dicas para comprar um carro antigo no leilão

Abaixo, veja as dicas para comprar seu carro antigo com segurança, fazendo um bom negócio:

Dica 1 – Dicas de colecionadores

Mesmo se você está começando ou se você já coleciona carros antigos, conversar com outros colecionadores é sempre uma maneira de melhorar suas possibilidades de fazer uma boa compra.

É claro que se for iniciante, essa dica é crucial, pois os colecionadores poderão te indicar empresas de confiança e saberão dizer se uma compra de um certo veículo será boa ou não.

Para encontrar esses colecionadores, você pode comparecer a encontros de carros antigos, por exemplo, ou participar de grupos na internet, e, assim, conversar com esses proprietários de carros antigos.

Dica 2 – Verificar seu orçamento

A segunda dica que trouxemos, é checar e conhecer bem suas finanças e seu orçamento.  Sempre, ao realizar uma compra, devemos saber se caberá em nosso orçamento, e se tratando de uma aquisição que envolve um grande montante de dinheiro, a atenção deve ser redobrada.

Se deixar levar pelo momento e pela emoção da aquisição sem saber se conseguirá arcar com as despesas, é um risco enorme. Então, antes de tudo, faça suas contas, veja seu salário e se tudo ficará tranquilo se adquirir o carro antigo que tanto sonha.

Lembre-se, além do valor do carro, de que os leilões, geralmente, possuem outras taxas a serem pagas, então leve tudo em consideração. Determine também o valor máximo de lance que você poderá dar no leilão.

Dica 3 – Ler o edital

Ler o edital é imprescindível para realizar uma boa compra de um carro antigo no leilão. No edital, você encontrará todas as informações sobre o veículo, como ano, valor e estado de conservação.

Verifique se as características do veículo correspondem às suas necessidades e expectativas. Você pode comprar com outros veículos do leilão ou até com veículos de outro leilão de carros antigos. Compre com consciência, evite ir pelo impulso.

Dica 4 – Olhe o carro pessoalmente

Antes de comprar, é recomendado que você vá olhar o veículo pessoalmente, podendo ir com um mecânico de sua confiança, assim, ele saberá dizer se a parte mecânica está em boas condições, caso você não entenda profundamente sobre isso.

A vistoria poderá consistir em verificar a lataria, o motos, a pintura e também a parte interna do veículo.

Para visitar o veículo, você pode entrar em contato com a empresa leiloeira e marcar uma visita, sendo acompanhado de um especialista de confiança.

Dica 5 – Encontrar uma leiloeira confiável

Como última dica, mas não menos importante, dizemos que você precisa encontrar um leiloeira de confiança, que atue de forma idônea e tenha credibilidade no mercado.

Sempre verifique o endereço físico da leiloeira, seu registro na junta comercial do estado, e outros parâmetros legais. Além disso, é possível ver a reputação da leiloeira com outros compradores, sendo possível pesquisá-la no Reclame Aqui, por exemplo, e outros sites de proteção ao consumidor.

Não saia colocando seu dinheiro em qualquer leilão que encontrar antes de verificar todas esses pontos, só assim fará uma compra boa e confiável.


Comentários 0

Deixe uma resposta

Espaço reservado para avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

pt_PTPortuguese